segunda-feira, janeiro 16, 2006

O ponteiro invisível do tempo - I

Seus sonhos são de cansar as mais férteis imaginações. A infância foi um rascunho de projeto inacabado. O lado atrasado de si, o ultrapassa. Suas conquistas seguem o atraso, não o sucesso. Aprendeu a conversar, calado. É na solidão que se descobre a convivência. Nunca superou as fraquezas, mas as fraquezas foram perdendo a graça com o passar dos anos. Tornou-se um bravo homem, mas o amor adoeceu sua coragem. Viveu paixões com disciplina, temeu riscos do desejo, acovardou a ousadia. Seu medo veste vermelho.

Criou o talento de reinventar o passado. Não tirou lições do que viveu, aprendeu com quem não foi. Cresceu tentando se tornar o homem que sonhou em ser amanhã, acabou se tornando o homem que deveria ter sido ontem.

Marcadores: , , , , ,

28 Comentários:

Anonymous Garota Bossa-nova disse...

Ê Nando,que coisa mais linda...Que saudade de ler suas linhas entrelinhas,idéias e sentiemntos.Bom é chegar aqui e me deparar com este pequeno/grande universo que vc cria e nos proporciona.E se o amor adoeceu sua coragem,reinvente-o,ame de novo,ame mais,e cure seu coração,sua fome de amor e sê feliz.Hoje e sempre.Um beijo !

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 03:07:00 BRST  
Anonymous Débora Tavares disse...

"...aprendeu com o que não foi". É... a essência está lá mas a gente muda, que bom. um beijo!

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 08:35:00 BRST  
Blogger reflexoes depois disse...

Será?????????????? um abração

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 11:44:00 BRST  
Anonymous Valéria disse...

"existirmos, a que será que se destina?"
um beijo

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 11:56:00 BRST  
Blogger Dani F. disse...

Oi fernando...
Faz um tempo que não apareces...
mas este post veio ao encontro de coisas que acontece dentro desta que vos escreve este comentário.
Projetos inacabados...querer superer as fraquezas(indispensável), e tornar-se o que deveria ter sido (a principal meta!)
Um abraço!

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 12:19:00 BRST  
Anonymous Danizinha disse...

Ei Nando! Desejo que seus rascunhos em 2006 possam produzir ainda mais! Mais reflexões... Mais fãs... Tá cada vez melhor! E o tempo corre. Não adie nada! Bjim!

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 14:40:00 BRST  
Blogger Claudia Perotti disse...

Um retorno belíssimo.
Feliz ano novo, querido!
Beijos

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 17:06:00 BRST  
Anonymous jb disse...

"É na solidão que se descobre a convivência" : perfeito

gostei dos teus rascunhos. excelentes rascunhos.

[jb]

terça-feira, 17 de janeiro de 2006 21:00:00 BRST  
Anonymous edu disse...

"é na solidão que se descobre a convivência". ótimo.

.
.
.

abraço e...
apareça.
edu

quarta-feira, 18 de janeiro de 2006 08:02:00 BRST  
Anonymous leila disse...

De volta!! lindo percurso traçado à emoção, a solidão ajuda, sim, e muito. Meu beijo, querido.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2006 17:06:00 BRST  
Anonymous dira disse...

Fernando, bom que reapareceu. a cena poética fica mais interessante com vc por perto. E para acrescentar ao que disse: "viver é melhor que sonhar..."

Beijo.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2006 23:11:00 BRST  
Blogger Fernando Rozano disse...

"Criou o talento de reinventar o passado". Grande e bela passada. O texto é excelente. Abraço.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006 10:15:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

New blog: www.silenciosaimperfeicao.blogspot.com

Isabelle

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006 10:16:00 BRST  
Blogger antimater disse...

alguns racunhos merecem ser "passados a limpo".
.o)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006 21:28:00 BRST  
Anonymous claudia disse...

Oi..

Vim agradecer a visita ( adorei seu comentário lá...tá já sei, não se lembra? __ Disse que se leu no meu poema , adoro isso. Adoro visitar um blog e me ler nele...sei o que é isso.
Mas seu espaço é ótimo...
Mas tenho que discordar de uma coisa...(rs)
Medo não "veste" vermelho...(adoro essa cor...e não tenho medo de nada...ps...só de avião, cobra...aranha, etc..etc...mas ele se veste de outra cor...menos vermelho...rs)

Mas é um ótimo texto, reflexivo...instigante...
Adorei.
Volta mais lá tá ...espero que goste sempre...

Um beijo no coração e obrigada.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006 22:51:00 BRST  
Anonymous Moacir Caetano disse...

querer ser, conseguir ser, ser simplesmente...
Graduações de um mesmo ingrediente!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 00:00:00 BRST  
Blogger marcia cardeal disse...

Palavras alheias me abreviam, torna-se desnecessário verbalizar. Seus textos me arrebatam, confesso! Beijo e obrigada pela visita em minha sementeira!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 01:08:00 BRST  
Blogger Ana Maria disse...

Olá! temos aqui uma imagem narcisista, bem escrita e com alma.
Seja bem-vindo à minha vida, camarada Fernando.

Abraço

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 10:15:00 BRST  
Blogger hfm disse...

Obrigada pela visita. Gostei da imagem e do texto.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 14:20:00 BRST  
Blogger ed disse...

Obrigado pelo comentário e fiquei a conhecer "rascunhos", bela coisa ...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 14:59:00 BRST  
Anonymous Artur disse...

Sim, há sonhos que cansam a imaginação. Mas não deixe de sonhar!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 15:13:00 BRST  
Anonymous Bianca disse...

"Não tirou lições do que viveu, aprendeu com quem não foi."

Perfeito, isooo...belo rascunho!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006 15:16:00 BRST  
Anonymous Rafaella disse...

Ei Fernando, fiquei muito contente com sua visita ao meu blog, principalmente quando venho retribuir e dou de cara com um blog com tamanho bom gosto. E nossa! Como vc escreve bem!
profundíssimo cada parágrafo. Pode acreditar que voltarei mais vezes. Você escreve exatamente o que me encanta ler.
Beijos.

sábado, 21 de janeiro de 2006 23:09:00 BRST  
Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Pois muito bem, caro Fernando.
Terei de voltar com mais tempo para poder ler tudo o que ofereces.
Do pouco que li... despertou-me a atenção e o desejo de descobrir ainda mais.
Mas hoje, passei apenas para agradecer a visita e as palavras gentis que deixaste no Bufagato.

Espero que possamos ter visitas assíduas e uma descoberta conjunta.

Abraço

sábado, 21 de janeiro de 2006 23:46:00 BRST  
Blogger Cristiano Contreiras disse...

Do homem um tanto perdido entre as fumaças do destino [incerto] vem a esperança sempre voraz, né mesmo?

domingo, 22 de janeiro de 2006 22:22:00 BRST  
Anonymous to+ disse...

Obrigado pelo elogio! apareça mais... sua escrita também me cativou! muito bom.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2006 17:19:00 BRST  
Blogger Rubens da Cunha disse...

"Viveu paixões com disciplina" isso salvou minha semana.
abraços
rubens

terça-feira, 24 de janeiro de 2006 22:05:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

"Aprendeu a conversar, calado. É na solidão que se descobre a convivência. " Escelente, Fernando, Excelente!!! Continua !!!

Marcos Burnuin

sábado, 26 de fevereiro de 2011 02:50:00 BRT  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial