domingo, maio 06, 2007

Cotidiano - I


http://populo.weblog.com.pt/arquivo/casa1024.jpg

Acordou as nove, mas não olhou que horas eram. Vestiu o agasalho estendido na cadeira, nem fazia frio. Fez café sabendo que não iria tomá-lo, ninguém iria tomá-lo. Apenas fez.


Correu a casa verificando o silêncio, uma paz indesejada, cumprimentou as paisagens que pulavam pelas janelas.


Saiu à praça para encontrar com algumas árvores, vigiava as folhas e os sapatos das pessoas, atravessava o tempo com a imaginação. Caminhou pela calçada, passou pelo o lago, passou pelo o lago, caminhou pela calçada. O quarteirão de tão pequeno parecia sufocá-lo.



Os vizinhos roubavam-lhe de sua privacidade. Atrapalhavam sua tristeza. Permaneceu incolor, atrás dos óculos. Tropeçava em vozes, editava histórias que escutava nas esquinas. Aquele lugar é próprio à história alheia.


O vento o ajudava a caminhar, seguia com pouca pressa. Nem se preocupou em olhar para os dois lados ao atravessar a rua. O mundo só atropela o que está em evidência.


Visitou bares e copos de cerveja. Tomava uma garrafa a cada parada, exatamente uma garrafa, nada mais consumia. Voltou pelo mesmo trajeto, pouco antes das seis. Não conseguiria suportar o peso da noite.


Deixou o portão entreaberto, a espera de ventos.


Preparou o jantar, comeu apenas o suficiente, dispensou o banho. Deitou no sofá para escapar da cama vazia. Adormeceu antes que o próprio sono.


Fernando Palma

Marcadores: , , , ,

12 Comentários:

Anonymous eliana disse...

Olá Fernando.
Gostei do seu texto. Leitura leve, bem agradável. Por enquanto li apenas este, mas espero ainda ler outros.
Parabéns!
Obrigada, beijos.

domingo, 6 de maio de 2007 21:13:00 BRT  
Blogger Iúna disse...

que bom que voltou, é delicioso ler seus escritos. bjs

segunda-feira, 7 de maio de 2007 09:01:00 BRT  
Anonymous Carlos disse...

Texto metafórico muito interessante...

segunda-feira, 7 de maio de 2007 10:30:00 BRT  
Anonymous Teste disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

terça-feira, 8 de maio de 2007 19:35:00 BRT  
Blogger Claudia Perotti disse...

Fê,

Estava com saudades de te ler!
Muito bom tê-lo de volta!

Beijinhosss

terça-feira, 8 de maio de 2007 19:53:00 BRT  
Anonymous Lisa disse...

Fernando,

Companheiro das palavras e sentimentos, encontrei em suas prosas e poesias conforto, e semelhança ao que já me aconteceu, ao que está acontecendo e provavelmente ao que me acontecerá. Que sua mente e coração continuem em sintonia, pois espero ler mais trabalhos seu. Continue a escrever brilhantemente.

Um beijo,

Lisa.

terça-feira, 8 de maio de 2007 19:56:00 BRT  
Blogger Batista Filho disse...

Você, mesmo sem saber, sempre manda e-mail pra mim com seus textos/poemas/prosa. Hoje resolvi entrar no seu blog. Gostei muito e parabens pelos textos.
O meu segue mais ou menos a mesma linha sua, mesmo eu tendo começado agora!

Abraço!

quarta-feira, 9 de maio de 2007 13:15:00 BRT  
Blogger Batista Filho disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

sábado, 12 de maio de 2007 01:53:00 BRT  
Blogger Batista Filho disse...

Obrigado por ter gostado do meus humilde e iniciante blog!

E em resposta à sua pergunta, foi uma forma de me colocar no texto. Uma certa influência de Machado de Assis que costumava conversar com o leitor, só que em versão modifica, compreende?

Já comecei a ler "Amor proibido e acho que dá pra gente deixar mais exposto no seu blog essa série.

Vou linkar seu blog, ok?!

Abraço!

Abraço!

sábado, 12 de maio de 2007 01:56:00 BRT  
Anonymous Monika disse...

Bonito esse texto.Gostei muito.Simples, tocante e delicado nas palavras.
Voltarei mais vezes viu!
Abs.

sábado, 12 de maio de 2007 13:02:00 BRT  
Anonymous Rafaella disse...

Fernando!
Mal posso acreditar que você voltou!
Estou muitíssimo feliz, seu blog é um dos melhores que já vi, e olha que amo blogs ...
É isso.

Beijos!

segunda-feira, 28 de maio de 2007 00:19:00 BRT  
Blogger Silvia Gonçalves disse...

Gostei do texto... Bem interessante... Mas porque tanto tempo você não escreve mais???

quarta-feira, 24 de junho de 2009 15:32:00 BRT  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial