terça-feira, setembro 26, 2006

Versos Etílicos em Cabeceiras de Bar





"Chega,
excedi-me em sonhos.
Mais duas doses e paro.”

“Você disse isso há dois sonhos atrás”.

***

“Preciso ultrapassar,
não me impeça.
Preciso de nova historia,
de uma embriaguez
diferente
,enfim,
mas está aqui neste bar.”

***

“Pois é, meu caro. Veja só o resultado de tantas bebedeiras: dezenas garrafas-coloridas de esperança falsificada, litros de sonhos envelhecidos em barris de euforias, copos-encantados de desejos falidos, engradados de promessas não pagas e uma dívida de desilusões assinada com tua dor, pendurada na memória. Agora não reclama. Pague, com rigor tudo o que deve. “

***

“Mas essa é diferente.
Sabe aquele tipo ideal?”

“Sei. Isso da ressaca.”

***

“Não penso nela..”

“Não?”

“Não penso,
mesmo se falo nela
Não penso mesmo
se lembro,
se gosto.
Não penso mesmo quando penso,
ah, não sou bom em palavras,
parece confuso?

Garçom, será que eu bebi amor demais hoje?
Será que o amor também embebeda?“



Fernando Palma, Setembro de 2006

Marcadores: , ,

26 Comentários:

Blogger Deia disse...

Que lindo. Perfeito.
É maravilhoso ler o jeito que brinca com as palavras, tudo se encaixa tão bem.
Parabéns.
Muito obrigada pela tua visita, senti uma grande honra.
Lindo dia
Muitos beijos

terça-feira, 26 de setembro de 2006 13:45:00 BRT  
Anonymous leilalopes disse...

Também tenho ressaca de sonhos, mas é certo que tudo, absolutamente tudo, nasce, antes de acontecer, no pensamento. Beijo.

terça-feira, 26 de setembro de 2006 14:14:00 BRT  
Anonymous Garota bossa-nova disse...

Beber o amor,beber o sonho,embriagar-se de vida.Acho mesmo que tudo deve de ser assim.Viver a vida intensamente e sorver dela uma a uma,até a última gota pedaços de sensações.Gosto quando você se derrama e deixa fluir este teu lado lírico/apoteótico.Bom te ler e ver o quanto vc se aprimora a cada dia.Sou sua fã e vc sabe,desde o primeiro ler e agradeço de coração o seu carinho para comigo e as tuas plavras sempre tão prazenteiras.Quanto às bebidas,se vc estiver sempre embriagado de maor, o mais será apenas desencanto.Beber o amor é mesmo a melhor pedida.Mesmo que a conta venha alta demais as vezes.Beijo grande!

terça-feira, 26 de setembro de 2006 16:03:00 BRT  
Anonymous Marcelo Cantalice Dias disse...

Com estes rascunhos me embriaguei...Mas a ressaca foi tão boa, que venho repetindo as doses...
Acho melhor ir para o AA...
TIM TIM meu amigo

terça-feira, 26 de setembro de 2006 21:23:00 BRT  
Blogger Claudio Eugenio Luz disse...

Dessa ressaca, meu caro, a gente não escapa.

hábraços

quarta-feira, 27 de setembro de 2006 14:28:00 BRT  
Blogger Claudio Eugenio Luz disse...

Dessa ressaca, meu caro, a gente não escapa.

hábraços

quarta-feira, 27 de setembro de 2006 14:29:00 BRT  
Blogger adelaide amorim disse...

Olá, Fernando! Gostei de seus poemas e do blog, gostei mesmo. Um abraço e parabéns por dizer as coisas tão bem.

quarta-feira, 27 de setembro de 2006 23:03:00 BRT  
Anonymous Ricardo T. disse...

Que habilidade com as palavras, fernando. Emgreaguei-me nisto aqui!

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 00:01:00 BRT  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

De tudo afirmo que amor pode ser usado sem moderação, em grandes goles, em garrafas coloridas, em bares e botecos, em quartos com grandes camas, em casa onde reina alegria, em fantásticos corações.
Embebeda se for consumido sozinho aí tem efeitos colaterais desastrosos, deve-se por precaução ingeri-lo em boa companhia.

lindo dia querido
beijossssssssssssss

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 01:30:00 BRT  
Blogger hfm disse...

Gostei destas vozes, do discurso e do amor subjacente. Belo!

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 08:36:00 BRT  
Blogger Elenita disse...

Eu disse que um dia ia roubar...
Roubei =)

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 09:09:00 BRT  
Blogger Mônica Góes disse...

E você tem um blogger também? Que legal! E que artístico!

Obrigada pelo post! Em agradecimento, posso colocar o seu link na minha lista de blogs? ;)

Quanto a se fingir de idiota, acredito que foi uma metáfora forçada de Nelson Gonçalves. Mas creio que a intenção desta brilhante mente era exatamente dizer o que você pensou: reservar-se.

Beijos!

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 09:52:00 BRT  
Anonymous Secreta disse...

O Amor "embebeda" e de que maneira! Disso eu não tenho dúvida :)
Beijito.

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 10:14:00 BRT  
Blogger vero disse...

O AMOR tb embebeda querido amigo... e muito!!!! loool
Beijinhos doces****

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 11:30:00 BRT  
Blogger Nanna disse...

Quero ficar bêbada!

;)

Beijos...

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 19:24:00 BRT  
Blogger Deia disse...

Voltei pra me embriagar novamente com tuas palavras, elas não causam ressaca.
Beijos

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 21:51:00 BRT  
Anonymous Francisco Dantas disse...

Gostei, Fernando. Você voltou bem calibrado. É um prazer este reencontro. Grande abraço.

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 21:55:00 BRT  
Blogger Vicente Siqueira disse...

Oi, Fernando.
Estou retribuindo a visita e gostei muito de tudo o que está aqui. Confesso que não li tudo. Parei no post do dia 03 de dezembro de 2005, que é o "Amor Proibido VI".
Menino, que imagem sensacional essa que você passa quando escreve: " Deixo sua lembrança me amanhecer. Abrevio sua face à cabeceira da cama. O dia já não é um qualquer, chega com maior riqueza de significados e até o silencio parece querer me dizer algo..." Muito. Muito bom, mesmo.
Eu prometo que volto para terminar a leitura, tá?
Agora mais um detalhe magnífico: "Chega, excedi-me em sonhos. Mais duas doses e paro. Você disse isso há dois sonhos atrás".
Vou deixar alguns doces pra você, porque glicose faz bem nos excessos etílicos.
Vicente

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 22:37:00 BRT  
Blogger Wilson Guanais disse...

olá, o espaço interplanetário é escuro, (sobre seu comentário lá no cemitério de navios).

mas é o azul que nos embriaga .
abraço

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 23:36:00 BRT  
Anonymous Mariano Flores disse...

Que bom que voltou! E que belo retorno!!!
Abraços!!

quinta-feira, 28 de setembro de 2006 23:51:00 BRT  
Anonymous Lidiane disse...

Eu quero ficar bêbada de luz.
Luzes coloridas.

Beijos.

sexta-feira, 29 de setembro de 2006 00:21:00 BRT  
Anonymous Ana disse...

E seu blog está se tornando a minha cachaça!
Maravilhosoooo..Um beijo!

sexta-feira, 29 de setembro de 2006 00:24:00 BRT  
Blogger DE PROPOSITO disse...

'EMBRIAGUEZ'. Nem só de alcool nos embriagamos. A própria vida é constituída por momentos de embriaguez e de lucidez.
Fica bem.
Manuel

sexta-feira, 29 de setembro de 2006 04:18:00 BRT  
Blogger Menina_marota disse...

Ah o amor embebeda sim...e nos torna dançarinos de palavras...
Um abraço e bom fim de semana ;)

sexta-feira, 29 de setembro de 2006 04:57:00 BRT  
Blogger Mendoscopia disse...

M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O isso!!
Vim voanda pelo blog da Elenita e cai aqui. Não consegui manter minhas asas por muito tempo mediante suas palavras.

"Chega, excedi-me em sonhos.
Mais duas doses e paro.”

“Você disse isso há dois sonhos atrás”.

Cotidianamente-poético-perfeito!!

Bjos meus
Jú Pestana

sexta-feira, 29 de setembro de 2006 16:18:00 BRT  
Blogger Mendoscopia disse...

Ah, e por falar em ressaca... lembrei-me de um poema. Está no meu blog, se puder, dá uma olhada "Embriaguez".

bjos

sexta-feira, 29 de setembro de 2006 16:20:00 BRT  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial