segunda-feira, outubro 26, 2009

Rascunhos


Desenhei palavras vazias. Corri três rascunhos, parei ofegante. Revisei imaginação, aparei as pontas dos dedos, fiquei tentado encontrar uma maneira de emendar poemas.
Tomei estrada, dirigi textos sem rumo, além do horizonte de dentro de mim. Apertei acelerador, atropelei uma saudade que atravessava a rua. Passei para visitar um rascunho antigo, a casa tava imunda. 
Notei um poema semeando na mão direita, animei a esquerda, curvei as costas dos braços, puxei o teclado tentando fazer germinar. Rabisquei um grito, confundi o inicio, briguei com a segunda estrofe, apanhei de uma antítese, sai para procurar uma analogia melhor. Irritado, memorizei a origem da inspiração para saber exatamente onde não voltar a consultar. 
Tentei hidratar algumas idéias secas guardadas na gaveta, procurei por palavras potáveis. Caminhei em círculos por versos, fiquei tonto, mas não parei. Senti fome, fritei alguns pastéis em Mario Quintana.
Falei a um amigo sobre aquela questão emendar poemas, ele sorriu e mudou de prosa - notei algumas ameaças metafóricas cintilando no enredo da conversa dele, mas não acho que ele tenha percebido. Voltei para as palavras vazias. Reli o esboço, inverti o inicio, assassinei dois pensamentos covardes, motivei paradoxos, entortei as linhas, escorreguei na terceira estrofe, colidi na conclusão, bruscamente. Quase um acidente fatal. Fui sentindo uma certa falta de organização, desordem de idéias, mudança de ritmo. Uma bagunça.
Comecei a gostar.


Fernando Palma


Ps:Escrito em Maio de 2007
Obs: a reprodução dos textos é permitida contanto que haja devidas referências.Todas as produções são registradas. 

Marcadores: , ,

52 Comentários:

Anonymous Secreta disse...

Não existem palavras vazias , existim sim palavras , para as quais não queremos dar sentido.
Beijito.

terça-feira, 17 de outubro de 2006 07:51:00 BRT  
Anonymous francisco dantas disse...

Fernando, aproveite o novo espaço aberto a quem gosta de escrever: http://www.palimpnoia.blogspot.com/
.Desculpe-me a passagem meteórica. Um abraço.

terça-feira, 17 de outubro de 2006 08:25:00 BRT  
Blogger Luzzsh disse...

Ah, e tomar gosto por isso é a perdição, rs.....mas, completamente libertador....Belo!

Beijos...

terça-feira, 17 de outubro de 2006 13:26:00 BRT  
Blogger Nanna disse...

Rotina-poetica...
Fantastico!

Beijos...
:)

terça-feira, 17 de outubro de 2006 15:01:00 BRT  
Anonymous Valéria disse...

por vezes... bagunça é a ordem do dia!
um beijo

terça-feira, 17 de outubro de 2006 22:36:00 BRT  
Blogger douglas D. disse...

falta-me saber fazer assim...
abs.

quarta-feira, 18 de outubro de 2006 11:42:00 BRT  
Anonymous Marcelo Cantalice Dias disse...

Como não sou a favor de frituras, utilizo meu molho especial de saladas alá MEUS RASCUNHOS...
Evolução a cada linha de pensamento disconexo,porém com muuuiiito nexo...
Gracias

quarta-feira, 18 de outubro de 2006 13:16:00 BRT  
Blogger Claudio Eugenio Luz disse...

Quando a gente começa a gostar então é porque a gente está no caminho certo.

hábraços

quarta-feira, 18 de outubro de 2006 14:50:00 BRT  
Blogger Fernando Rozano disse...

Fernando, pois é, rascunhos, e mais rascunhos. estou assim, com um texto para três frases, duas feitas e a terceira já consumiu pelo menos cinco páginas jogadas na gaveta. Rascunhos... Excelente. Abraços.

quarta-feira, 18 de outubro de 2006 23:31:00 BRT  
Blogger Mônica Góes disse...

Nossa... cansei!

quinta-feira, 19 de outubro de 2006 01:19:00 BRT  
Blogger Elenita disse...

sabia? às vezes vc me rouba de mim...

quinta-feira, 19 de outubro de 2006 12:29:00 BRT  
Blogger Elenita disse...

ah... e é Elenita =)
Beijinhos.

quinta-feira, 19 de outubro de 2006 12:30:00 BRT  
Blogger Claudia Perotti disse...

e é disso aí que saí os melhores textos.

Voltando de férias aos poucos!

Beijinhos

quinta-feira, 19 de outubro de 2006 22:49:00 BRT  
Blogger Angela disse...

O processo de escrita por vezes pode ser muito penoso.

Eu, quando escrevo, preciso de papel e caneta. E deixo-me ir ao sabor dos pensamentos sem muita preocupação estética. É por isso que acho que o que escrevo não é poesia mas sim esboços em verso!

A escrita reflecte muito daquilo que somos...

Mas para mim a escrita tem de ser um prazer! Escrevo para mim e não para os outros.
Espero um dia ter um espasmo de genialidade!!!

Contudo, acho que, como acto íntimo, cada um escreve à sua maneira.

Beijinhos.

sexta-feira, 20 de outubro de 2006 07:00:00 BRT  
Anonymous Ana disse...

Me assombro com tanta imaginação

sexta-feira, 20 de outubro de 2006 08:50:00 BRT  
Blogger Iúna disse...

É uma confusão deliciosa de idéias, vc é perfeito.

sábado, 21 de outubro de 2006 12:16:00 BRT  
Anonymous garota bossa-nova disse...

E como um filósofo,que peripatético caminha por entre escombros de realidade, o Fernando caminha por entre letras, pedaços de sonho.E como me encanta!Um beijo!

sábado, 21 de outubro de 2006 18:01:00 BRT  
Anonymous Lidiane disse...

Seu texto só me confirma a teoria de que baiano é bom de letra.
Mesmo!
E viva meu povo!

domingo, 22 de outubro de 2006 01:13:00 BRT  
Blogger Leila Lopes disse...

a bagunça, a desordem das coisas tantas vezes chega bem mais perto...
sim.
beijo,moço.

domingo, 22 de outubro de 2006 20:21:00 BRT  
Anonymous Pi Caço disse...

As palavras só são
vazias
quando nós próprios
lhes emprestamos
a vacuidade do que sentimos.
Ou vice-versa.

domingo, 22 de outubro de 2006 20:26:00 BRT  
Anonymous Rafaella disse...

E gol!!!!!!!!!!!!!!!!

Fernando, eu amo este lugar.
Sempre.
Um beijo.

segunda-feira, 23 de outubro de 2006 00:28:00 BRT  
Blogger Clara disse...

Começei a gostar também... [rs]
Beijos!

segunda-feira, 23 de outubro de 2006 12:48:00 BRT  
Anonymous francisco dantas disse...

Fernando, preciso do seu e-mail, pois já não consigo o que V. há tempos me enviou. Um abraço.

segunda-feira, 23 de outubro de 2006 16:00:00 BRT  
Anonymous Paulo Vigu disse...

Também caminho em círculos entre versos e volto-me às palavras vazias. Esboço tudo e desconstruo. Gosto e vivo essa bagunça. Assim, passeio aqui neste jardim textual. Riodaqui/ abraço poético/ Paulo Vigu

segunda-feira, 23 de outubro de 2006 19:45:00 BRT  
Anonymous Danii disse...

pausa em minha monografia pra visitar sua pagina =)

adoreiiiiiii o texto =p
to fazendo exatamento isso ai haha

beijao =*

terça-feira, 24 de outubro de 2006 01:24:00 BRT  
Blogger Deia disse...

Dando um tempo no repouso pra te fazer uma visita, sempre tão gostosa, nunca perco meu tempo vindo aqui.Linda tarde
beijos

terça-feira, 24 de outubro de 2006 15:57:00 BRT  
Blogger Menina do suspiro disse...

Como é que faz pra escrever assim lindo, hein?

Bjs!

terça-feira, 31 de outubro de 2006 23:22:00 BRT  
Anonymous rafaella disse...

Fernando, vim reler-te...

Um beijo

sexta-feira, 3 de novembro de 2006 01:12:00 BRT  
Blogger Mônica Góes disse...

Estou sentindo falta de novas criações! ;)

quinta-feira, 9 de novembro de 2006 00:25:00 BRST  
Blogger Elenita disse...

saudade dos seus textos...

segunda-feira, 13 de novembro de 2006 18:13:00 BRST  
Anonymous Claudia Perotti disse...

Saudades das tuas letrinhas!
Beijinhossss

quinta-feira, 16 de novembro de 2006 11:06:00 BRST  
Anonymous m disse...

vim retribuir com atarso sua visita, e amei seu blog... sua maneira de escrer... este texto sobre desordem... mto bom
parabens!

sábado, 25 de novembro de 2006 18:08:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Volta a escrver, pois sem os seus textos não sei viver.

Tudo é só tristeza e dor.

Volta a escrever, faz minha luz acender.

Quem sabe assim eu volto a viver, volta a escrever.

Volta a escrever.

terça-feira, 28 de novembro de 2006 21:05:00 BRST  
Blogger Claudia Perotti disse...

Tô com saudades das tuas letrinhas!
Beijinhossss

sexta-feira, 1 de dezembro de 2006 21:46:00 BRST  
Blogger Luna disse...

Rascunhos, uma bela definição daquilo que não sabe (ainda) se tem um espaço ou se em breve será apenas lembrança. O vazio é uma definição paralela para esta palavra sensasional...
Meus rascunhos as vezes fogem por baús e gavetas e quando os encontro... Bem, nem sempre saem de suas singularidades... Um olhar, um repouso breve e lá se vão novamente, alguns para gavetas, outros para baús e há aqueles que vão mesmo para o arquivo vertical e de lá não voltam nunca mais...
Bem, passando para conhecer-te... Abraços em tarde de chuva amena.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2006 17:47:00 BRST  
Blogger adelaide amorim disse...

oi, Fernando! Por onde você anda que sumiu daqui? Não deixa de escrever não. E aparece! Abraço.

sábado, 9 de dezembro de 2006 20:31:00 BRST  
Anonymous Rafaella disse...

Alguém?!

Beijos!

domingo, 10 de dezembro de 2006 14:32:00 BRST  
Blogger Deia disse...

Passei pra desejar um feliz 2007
Beijos lindo

terça-feira, 26 de dezembro de 2006 22:19:00 BRST  
Blogger CeciLia disse...

É bom esse ritmo, o fluxo de (in)consciência burilando a palavra esquiva, a idéia desfazendo-se em milhares. Gosto de ler-te aqui. Abraços e um prolífico 2007.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2007 22:39:00 BRST  
Blogger Deia disse...

Pq deste sumiço tão grande? Saiba que fazes muita falta.
Achei que com a virada do ano, teria se animado pra deixar um oizinho pra nós.
Beijos

sexta-feira, 5 de janeiro de 2007 13:57:00 BRST  
Blogger Mônica Góes disse...

Acho que vi teias de aranha num certo blogger! rsrsrsrsrsrs

Queremos textos!

sábado, 6 de janeiro de 2007 23:27:00 BRST  
Blogger Mônica Góes disse...

Gostei de ver você lá pelo blogger! Mas quero novos escritos! :)

domingo, 14 de janeiro de 2007 00:12:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Olá fernando, tudo jóia? aqui é a Pri, do blog Dificil Definir, que tempos atrás lhe pediu um texto para um cena do teatro.
Bom, se lembra ou não lembra, li o texto "restos no espelho" e me emocionei. Junto com a coincidência do nome, Priscila, me identifiquei a cada frase, a cada palavra.

Incorporei sem querer nas palavras, que juntas, formam eu.

beijos querido
pri

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007 08:25:00 BRST  
Blogger Vicente Siqueira disse...

Oi, Fernando.
Eu também estive parado de outubro até janeiro. Passei para dizer um oi. Em breve estarei de volta à Argentina e ficarei longe do blog, por isso estou fazendo um giro para cumprimentar aqueles que realmente fazem a diferença.
Pra você eu deixo doces.
Vicente

domingo, 18 de fevereiro de 2007 17:42:00 BRST  
Blogger Deia disse...

Volto pra matar as saudades, mas pelo visto nos abandonaste mesmo.
que pena.
continuarei voltando .
beijos

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007 12:49:00 BRST  
Blogger Charles Antonio disse...

No fim, do posso dizer: otima postagem.

Um abraço.

quinta-feira, 1 de março de 2007 15:09:00 BRT  
Anonymous Cin disse...

Passando p/ convidá-lo a conhecer meus Segredos de Liquidificador: http://blogsegredosdeliquidificador.blogspot.com
Bjos e um lindo dia!!!

quarta-feira, 11 de abril de 2007 13:34:00 BRT  
Blogger Cacau disse...

Simplesmente....SENSACIONAL!!!

Adorei! Continue escrevendo...não pare nunca!!

Cacau

domingo, 13 de maio de 2007 18:32:00 BRT  
Blogger Silvia Gonçalves disse...

Muito bom!!!

Parabéns!!!

quarta-feira, 24 de junho de 2009 16:08:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Mais uma vez brilhante!!

Jess&ca

sábado, 31 de outubro de 2009 02:24:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Bom texto!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010 20:35:00 BRST  
Anonymous Renata disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

sábado, 26 de fevereiro de 2011 02:27:00 BRT  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial