domingo, maio 02, 2010

Danii III





Como um asa-delta que atravessa uma corrente ruim e ao despencar surpreende-se com um vento forte, divino, no sentido contrário. O vento oposto, firme, que nos faz subir novamente e triunfar após pensar em aterrissar. Voar para sempre, triunfo eterno, a garantia, a esperança. Como o peso do elevador que sustenta a subida, evita que você caia e se machuque. Como a carga negativa que  é repelida pela positiva, a balança que se posiciona no centro graças a fidelidade graciosa dos dois lados. A união, combinação feliz. O verão acalmando as chuvas, o vento que alisa o fim da tarde aliviando o calor que quase nos mata. A melodia chamando para dançar depois de muito, muito tempo de silêncio. O milagre da perfeição natural, do equilíbrio. Porto Seguro. 


Você é o vento que sopra e garante o meu vôo. É o meu ponto de equilíbrio.  



Fernando Palma




Obs: a reprodução dos textos é permitida contanto que haja devidas referências.Todas as produções são registradas. 

Marcadores: , ,

5 Comentários:

Anonymous Danii disse...

Sem palavras... Te amo muito meu amor!

domingo, 2 de maio de 2010 17:54:00 BRT  
Blogger BARBARA ARAUJO disse...

voce faz malabares com as palavras *-* parabéns! e desculpe se isso for de certa forma uma "invasão de privacidade" abraço!

quinta-feira, 6 de maio de 2010 20:25:00 BRT  
Blogger Extravaso. Por que as vezes o copinho transborda. disse...

Te leio a tanto tempo, você e sempre tão singular no teu modo de escrever... Adoroo

segunda-feira, 17 de maio de 2010 16:42:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

.....

sábado, 26 de fevereiro de 2011 02:46:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Meu marido tem que ler isso aqui urgente...

sábado, 26 de fevereiro de 2011 02:47:00 BRT  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial